Um Curioso

Esse rapaz fez um teste de gravidez por brincadeira, mas acabou descobrindo algo grave

E que tal fazer uma brincadeira com um teste de gravidez e acabar descobrindo que está com uma doença gravíssima? Pois foi exatamente isso que aconteceu com um cara chamado Gerardo Soares Filho, de apenas 18 anos de idade. No começo desse ano, exatamente no mês de fevereiro, o jovem que mora em Fortaleza, por brincadeira, resolveu fazer um teste de gravidez. O problema foi que o teste deu positivo, e segundo o conhecimento humano, homens não podem engravidar. Depois de fazer exames, acabaram descobrindo que Gerardo estava com um tipo raro de câncer.

“Foi uma brincadeira. Como eu estudo para ser técnico de enfermagem, tenho acesso ao laboratório da escola, decidi fazer o teste”, afirmou Gerardo em entrevista a UOL. O resultado positivo de gravidez causou uma grande confusão. Segundo Gerardo, sua mãe, que costumava arrumar sua mochila, achou o teste e pensou que sua namorada estava gravida.

“Eu jamais imaginei que um teste de gravidez poderia dar positivo em um homem”, afirmou Lígia Bezerra, mãe de Gerardo. Ela disse que foi chamada no colégio com o pai da namorada de Gerardo, e como ele fez o teste dentro da escola, a direção teve que interferir.

Depois disso, Gerardo e sua namorada fizeram um exame de sangue, e foi confirmado que sua namorada não tinha o hormônio placentário beta-hCG, o que indica que ela não estava grávida. Porém, por mais estranho que pareça, Gerardo apresentou mais de 10 mil unidades do hormônio, o equivalente a uma grávida de 7 meses.

Infelizmente, depois de fazer mais exames, Gerardo descobriu que estava com um tumor de células germinativas, cariocarcinoma (TCG), que produz beta-HCG, o que fez com que o teste de gravidez desse positivo. Esse tumor é raro, principalmente em homens, pelo fato de se instalar no útero. No caso de Gerardo, acabou se instalando no testículo.

Leia mais  11 fantasias hilárias e incríveis do carnaval 2018

O tumor já estava na fase 4 e tinha se espalhado pelo pulmão, pela região do coração e no crânio. Ele já começou a quimioterapia, mas terá que fazer cirurgias para tirar as lesões. “Baixei de 90 para 70 quilos em duas semanas”, afirmou o menino Gerardo. “Quando tudo começou, senti depressão como um dos efeitos da quimio. Baixei de 90 para 70 quilos em duas semanas”, afirmou o menino Gerardo.

A família do garoto começou uma vaquinha para arrecadar 200 mil reais para ajudar Gerardo a fazer um tratamento em São Paulo, pois só o procedimento cirúrgico custa 98 mil reais. A família e amigos fizeram um site chamado todospelogerardo.com.br, que explica o caso do jovem e pede a ajuda financeira.

E aí, estão dispostos a ajudar Gerardo financeiramente para seu tratamento? Comentem!

Comentários

comentarios

Siga-nos

Gostou de nosso conteúdo e quer nos conhecer melhor? Siga-nos nas redes sociais!